O Que representa a mudança social na sociologia?.

O Que representa a mudança social na sociologia?.

1 Resposta

Ivansouza

01- A posição que os indivíduos ocupam nas relações de produção.

explicação:  As classes sociais são entendidas como um grupo de indivíduos que possuem em comum uma mesma situação material e sua situação em relação aos modos de produção, isto é, se são ou não detentores dos “meios de produção” da sociedade. Esses “meios de produção” estão relacionados com as formas de produção de bens de consumo, ou seja, fábricas e grandes porções de terra dedicadas à produção de matérias-primas para produção de bens industrializados, por exemplo.

03-   qualquer bem que possa ser investido para gerar mais lucro.

explicação: Para Marx, o capital refere-se a qualquer bem, como dinheiro, máquinas e fábricas, que possa ser investido no intuito de gerar uma maior quantidade de lucro.

04- Burguesia e proletariado, divisão entre os detentores dos meios de produção e os donos da força de trabalho.

05- A acepção da mais-valia está associada à exploração da mão de obra assalariada, em que o capitalista recolhe o excedente da produção do trabalhador como lucro. Não pare agora... Dessa forma, todo trabalho empregado na produção de um sapato, por exemplo, agrega custos em seu valor de troca final.

06- ) o trabalhador passa a ser parte do processo de produção, perde a noção do valor de seu trabalho.

Para Marx, o modo de produção capitalista faz com que o trabalhador não tenha a compreensão de todo o processo produtivo. Cabe ao trabalhador a realização de uma tarefa que não possui um sentido em si mesma, exaustiva física e espiritualmente.

Assim, esse trabalhador torna-se um análogo às máquinas e perde a sua capacidade de se compreender como um sujeito.

Para o autor, o trabalho humaniza os seres humanos por desenvolver sua capacidade de transformar a natureza de acordo com suas necessidades. Por sua vez, o trabalho alienado faz com que os seres humanos tornem-se alheios a si próprios, aos outros seres humanos e à sociedade.

07- Marx afirma que as mercadorias não possuem uma natureza que lhes confere valor. O valor atribuído às mercadorias são construções sociais. Por exemplo, critérios como o da oferta e da procura.

Assim, as mercadorias recebem uma aura de valor, tornam-se muito valiosas socialmente e exercem um feitiço (fetiche) sobre a economia e sobre os consumidores. As mercadorias passam a mediar as relações sociais e determinar o valor do trabalho e das pessoas.

09- A- Socialismo utópico

O socialismo utópico é uma corrente do socialismo muitas vezes descrita como a apresentação de visões e contornos para as sociedades ideais imaginárias ou futuristas, com ideais positivos sendo a principal razão para mover a sociedade em tal direção.

B- Socialismo científico: também chamado de socialismo marxista, é uma teoria política, social e econômica. Ele foi criado em 1840 por Karl Marx (1818-1883) e Friedrich Engels (1820-1895). Como o próprio nome indica, esse modelo esteve baseado na análise científica e crítica do sistema capitalista.

C-  Socialismo real: foi um sistema econômico e político que foi implantado na URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas) e consolidado no governo de Josef Stalin (1924 a 1953). É chamado de socialismo real, pois foi colocado em prática em vários países.

Explicação:

Só sei essas questões, espero ter ajudado!

Mais perguntas de Sociologia





















Toda Materia
Toda Materia
Toda Materia

Você tem alguma dúvida?

Faça sua pergunta e receba a resposta de outros estudantes.